CALL+SUPER


home      sobre     contato 



26 de fevereiro de 2015

Meu look: capa/blazer!


 Toda estação tem uma peça queridinha e que todo mundo quer, não é mesmo? No inverno 2015, por enquanto, a capa estilo blazer tá disparado na frente: várias marcas já fizeram e já tem modelos para todos os gostos e bolsos (Valentino manda beijos, quem não se lembra do vestido com capa que ele fez duas saisons atrás?!) . Eu particularmente amo, os looks com capa ficam mais chiques e estilosos. No Brasil, onde o frio quase não chega, é um ótima opção para ficar com carinha de inverno mas sem suar por baixo dos casacos.Nessa semana tive uma reunião e usei a minha preta (tenho que confessar que já tenho 3 cores: off white, vermelha e essa preta) e como não estava frio, resolvi usá-la com shorts de couro e scarpin bem alto para dar uma alongada no visual. Vejam se gostam:






 Nesse dia Maria Isabela estava completando 9 meses! Como voou né? Nem eu acredito que minha bebê que acabou de sair da minha barriga já está deste tamanho, engatinhando pela casa e já com dois dentinhos. Que Deus abençoe sempre! Claro que eu fiz praticamente um book com ela, mamàe blogueira tem dessas coisas....






Minha capa é da Lulys (marca de tshirt que amo!), nesse site aqui. A modelagem e preço estão show! O insta é @lulystees
A bolsa é da coleção da Laura Lima, que eu amo! Sou fã mesmo. Esse baldinho tá um luxo né? Quero usar o tempo todo! Insta: @lauralimabolsas1

24 de fevereiro de 2015

Look (já pensando no inverno!)

Quem aí também já está desejando ansiosamente o inverno? Eu amo o verão e curti muiiito todos esses dias lindos, mas juro que agora no finalzinho já tô meio cansada de calor, sol forte, suor e tô doida para um frio daqueles! As coleções de inverno nem se fala né? São sempre as mais lindas e chiques. Eu amo muito, doida para usar todas as novidades!E no inverno não pode faltar couro né? Aliás eu amo esse material para qualquer época do ano, mas para uma estação mais fria ele é top para montar looks bombásticos : é chique e moderno ao mesmo tempo.

Esse look aí de baixo eu usei em SP duas semanas atrás (lá estava um friozinho delícia) e já quis postar aqui no blog como uma tendência para o inverno: couro branco + tricot handmade. Achei que ficou lindo esse look ( mais eu impossível) e o melhor é  que são duas peças eternas no armário, ambas atemporais e feitas de materiais nobres, nada de sair de moda e tal...gosto de roupa que dure e que seja sempre bacana usar.

Confiram:







A calça da marca Clé (eu amo e uso muito tudo de lá!Meu número dessa calça é 36). O site deles é esse aqui (A coleçào de inverno da marca eu já vi e posso dizer que está top!!). O insta é @commercecle

Casaco Carol Bassi, ando apaixonada por tudo dessa marca: tudo chique e atemporal!Esse casaquinho é uma das peças que mais amo no armário e sempre que uso todo mundo vem perguntar de onde é, de tão lindo!Agora a Carol fez a versão dele marinho e eu já tô na fila de espera para comprar!A Loja da Carol Bassi fica na Alameda Lorena 1601  e o insta é : @carolbassibrand


Minha dieta Detox

Oi meninas! E agora o ano começa de verdade né? Confesso que eu não estava mais aguentando tantas viagens, férias, crianças fora da escola (....) e estava doida para voltar à minha vida normal e de fato começar 2015 aqui no blog e na minha vida!Meu carnaval esse ano foi bem tranquilo: na praia, com minha família. Delícia né? Ano passado mesmo gravidíssima animei e fui com Glauco para a Sapucaí, mas nesse ano mesmo tendo recebido convite para dois camarotes bem legais resolvi ficar com minhas meninas e marido. Nessa sexta já vou para a semana de moda de Milão e isso também pesou na minha decisão. Quem aí também sofre quando viaja e deixa os filhos para trás? Eu fico uma semana antes já pensando em tudo e com um pouquinho de angústia, mas acho que isso faz parte né? Eu não deixo de viajar, principalmente as Semanas de Moda, que são de muito trabalho e oportunidades para mim, mas que é doído é. Dilemas de mãe, quem é sabe o que é isso.

Bom, mas o foco desse post não tem nada a ver com o que eu escrevi aí em cima, foi só uma introdução para vocês saberem o que andei fazendo esses dias que fiquei sem postar aqui. O post de hoje é para falar sobre minha dieta, que muitas pessoas me perguntam aqui e no insta. Bom, meu peso tá ok, já voltei para quanto eu gosto de pesar ( acho que agora é malhar mais para secar e definir, também tô com celulite, vou fazer uns aparelhos para ajudar e depois conto), mas para voltar para o meu peso tive que fazer um bom esforço e em outubro e novembro virei habitué da academia e fiz uma dieta puxada com pouco carboidrato (é o que funciona para mim) e em dezembro para me preparar para o verão resolvi fazer uma semana de dieta detox que já chega prontra em casa.
Funciona assim: eu encomendei um programa para 7 dias e para cada dia tem tudo o que temos que comer: café, lanche, almoço, lanche e jantar. Fiz com a Viva Leve Gourmet e achei que valeu muito à pena: não ter que pensar no que vai comer ou preparar e ter sempre à mão uma comidinha leve ajuda muito. Não vou dizer que é fácil, porque óbvio que não é igual à uma comida que fazemos na hora e vira e mexe dá vontade de sair da dieta, mas de verdade achei bem gostosa várias coisas que comi, até doce tinha (um brigadeiro de biomassa delícia). Estou pensando em fazer de novo agora que voltei do verào e como todo mundo percebi que tô mais inchada. Ah, antes que me perguntem perdi 1, 8 KG quando fiz essa semana detox em casa.

Fotografei alguns pratos e a forma que chega em casa o nosso kit:

Vem tudo organizadinho e explicado a que horas e como devemos comer, preparar e esquentar a comida:

Eu adorei a parte dos sucos, achei todos gostosos.
Esse bolo era o lanche de vários dias. Minha dieta estava tão restritiva que eu achava ele o bolo mais gostoso da vida!kkkkk comia achando que estava saboreando um bolo de cenoura com cobertura de brigadeiro (hummm cabeça de gente gulosa né?).
Jantar de um dos dias da dieta:

Crepioca delícia, achei a apresentação dela ótima e o gosto muito bom também:


Esse é o brigadeiro com biomassa de banana verde, é uma delícia!Me ajudou muito quando eu queria atacar um doce na geladeira.
Bom meninas é isso, esse foi um detox que fiz no meio da minha dieta desde que parei de amamentar Maria Isabela. Fiz muita academia também (só dieta não rola) e tive bastante foco (que inclusive eu perdi no verão e preciso achar urgentemente).
A Viva Leve está no instagram : @viva_leve_gourmet_box



13 de fevereiro de 2015

Nannacay: a bolsa da vez!

E nesse verão só deu ela: a bolsa de praia mais desejada e hypada da temporada atende pelo nome Nannacay!Eu já amava puramente pelo visual: desde quando a vi pela primeira vez me chamou atenção as cores fortes e a trama sempre diferente em cada modelo. O tamanho (o meu preferido é o pequeno) e o jeitinho de bolsa de feira ganharam meu coração. Mas depois, conversando com a Marcia Kemp, idealizadora e dona da marca descobri o lindo projeto social por trás da Nannacay. E é sobre isso que quero falar hoje aqui no blog!

A Marcia antes de tudo é uma executiva de multinacional  e sempre cultivou uma de suas grandes paixões: viajar para lugares que fogem do comum, nada de destinos turísticos, quanto mais exótico, mais a Marcia gosta. E numa dessas viagens, durante uma visita à tribo Massai na África, a executiva teve um insight de compartilhar a beleza do artesanato singular, que admirava pelo mundo.

E assim nasceu a Nannacay ( que significa irmandade de mulheres em Quechua). A primeira linha de bolsas foi lançada no RJ, mas demorou pouco para conquistar fashionistas em todo o Brasil (vários e-commerce vendem a bolsa que na época do Natal ficou sold out mas agora vi que receberam reposição!Mas corram, elas esgotam num minuto!).

Perguntei para Márcia:

Quais são as referências e inspirações na hora de criar as bolsas e misturar cores fortes, que no fim ficam tão lindas e originais? 

M. K. : Sempre busco na paleta de cores a simplicidade da vida que vivencio nas minhas viagens. Esta última coleção fiz inspirada nas cores das ruas do Nepal (e que coincidiram com as cores das fashionistas).

Como surgiu a Nannacay?

M.K. : A Nannacay surgiu de uma insight que tive na Africa visitando uma tribo de Massai, sempre adorei conhecer culturas e países exóticos e admirava o trabalho que observava pelo mundo. Minha idéia foi unir pessoas que tinham um trabalho lindo e conectá-los à pessoas que poderiam ajudá- los. Decidi começar meu projeto social no Peru com artesãs que não eram tão valorizadas e  em equipe desenvolvemos pantones e criamos modelos especíificos para a Nannacay

O projeto Nannacay:

M.K. :Trabalhei como voluntária do Instituto da criança fazendo captação de recursos a mais de 10 anos e sempre tive o desejo de ter o meu proprio projeto social. A Nannacay uniu o meu DNA e espirito empreendedor social com minha visão executiva. A missao é  transformar  vidas humanas e estou sempre atenta aos impactos positivos que promovemos em cada comunidade onde  iremos atuar. 
Sugestoes pelo Brasil sao muito benvindas  mas a marca é global . o importante é impactar positivamente uma vida humana . Nossa criatividade e trabalho é sem fronteiras. 

Selecionei algumas bolsas da marca que amo!Algumas são edições limitadas que a Nannacay fez com a Animale e as outras podem ser adquiridas em sites:


 Lindas né? Eu tinha problema com bolsa de praia, nunca amava nenhuma e agora eu tô na dúvida de qual será meu próximo modelo Nannacay. Tô fazendo coleção!
Alguns sites que vendem a bolsa e vi que estão com modelos lindos:

11 de fevereiro de 2015

Dior - Haute Couture - Spring Summer 2015

Como não amar Raf Simons, diretor artístico da Dior? Desde que ele assumiu a maison tenho gostado cada vez mais das coleções da marca e meu indíce de desejo pelas peças da Dior só aumentou (que o diga a Be Dior, o  So Real e por aí vai...)! Acho que ele trouxe uma certa juventude e ao mesmo tempo soube conservar o lado clássico da Dior: àquela história de não perder as raízes, mas saber evoluir com o mercado. Encontrar esse ponto às vezes é difícil, mas quando acontece é perfeito!Na semana de Alta Costura de Paris que aconteceu mês passado acompanhei todos os detalhes do desfile e mais uma vez amei!Meus preferidos foram os vestidos com cintura bem marcada e rodados, já o comprimento é abaixo do joelho: chique e atual! Amei também os plissês usados nas saias e vestidos e as capas, mantôs e coletes em plástico com impressão fotográfica (tão moderno né?). 

Sobre as referências para esse desfile Raf Simons disse: “Há algum tempo só penso no futuro, como uma recusa a um passado nostálgico. Mas o passado também pode ser belo. Esta coleção é uma mistura do charme dos anos 1950, do lado experimental dos anos 1960 e da liberação dos anos 1970 – tanto em sua materialização quanto em sua atitude. Mas eu queria realmente expressar algo que fizesse sentido hoje, visto daqui, de um ponto de vista atual; queria para a Alta Costura e as mulheres uma visão mais selvagem, mais sexual, mais estranha e sem dúvida mais liberal.” 

Enfim, amei e quero dividir com vocês algumas imagens desse desfile. Lá no final tem um vídeo lindo que vale à pena ser visto: o making of da confecção um vestido Dior!É incrível ver tantas etapas e o cuidado minucioso da alta costura. Um luxo desde sempre, mas sobretudo nos dias de hoje!










Qual é o preferido de vocês? Confesso que tô na dúvida e se pudesse escolheria pelo menos uns 5 looks desse aí de cima para mim!Aqui tem o vídeo do making of, não deixem de assistir:





Búzios Tips! Pousada linda!

Estão preparados para imagens fortes? Pois avisem ao coração!Quando eu cheguei na Pousada Abracadabra em Búzios tive uma daquelas sensações incríveis que a vida nos proporciona: a de se encantar com alguma coisa, lugar ou pessoa (aliás, mesmo vendo muitas coisas lindas, não quero nunca perder essa capacidade do "encantamento"). Gravei na memória e vou levar comigo para sempre a paisagem que vi em Búzios e hoje vou compartilhar com vocês. Sou do tipo de pessoa que viaja numa paisagem, que se perde olhando para alguma coisa linda e sente necessidade de dividir com outras pessoas esses "achados"(por isso criei o blog!), então desde que voltei de Búzios todos os dias eu pensava: tenho que fazer o post da Pousada que conheci e passar essa dica!

Bom, vocês já perceberam que a "minha praia"é Búzios (RJ). É para lá que todo ano eu vou com minha família e amo!Mas, mesmo ficando em Geribá gosto de passear e conhecer coisas novas. Essa pousada que hoje vou mostrar para vocês fica no fim da Rua Das Pedras, lá em cima da Orla Bardot, ou seja, uma suuuper localização, perto de todos os restaurantes e baladas!É do mesmo grupo dono do Hotel Boutique Casas Brancas (muito top também!) e tem definitivamente uma das vistas mais lindas que já vi em Búzios.

Sempre me pedem, seja aqui ou no insta, dicas de onde se hospedar nesse balneário, inclusive já falei aqui de outro lugar incrível para se hospedar ou passar um dia em Búzios, então hoje compartilho mais uma dica!Olhem as fotos e depois me digam se tem como não gostar:


Cheguei lá no entardece!Um momento único e lindo do dia( meu preferido)!Surtei querendo fazer fotos para poder compartilhar com vocês toda essa beleza!E acho que consegui. Olhem:


De morrer de tão lindo né?
Lá eles aceitam crianças, mas achei a vibe melhor para casais. Fomos eu, Nicole, nossos filhos e mais algumas pessoas da minha família, mas ficamos tensas com a correria das crianças, já que lá era a maior paz e muiiito silêncio. Por isso acho que seja um lugar mais para adultos ou para crianças mais silenciosas e quietinhas, o que não é o caso das minhas. rssssss
Os quartos são amplos e claros.
O restaurante é ótimo e com essa vista aí de cima!
Perguntei valor das diárias e achei razoável, já que em Búzios tudo é bem caro!
Fica essa dica para vocês, o site é esse aqui.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...